DETECTOR DE METAIS NA REVISTA DOS EMPREGADOS?

Não há legislação que proíba este procedimento.

A jurisprudência do TST indica que é possível a revista pessoal dos empregados, desde que seja realizada sem discriminação entre os empregados.

A revista com detector pode ser realizada, contudo não poderá ter contato físico com o empregado.

Revista íntima não é permitida.

A revista pessoal pode ser realizada, o que não pode é colocar o empregado em situação vexatória.

Toda prática que causa constrangimento e humilha o empregado deve ser evitada.